O que esperar da ligação a um recrutador?

 

Os profissionais das empresas de recrutamento são, muitas vezes, vistos pelos candidatos como uma ‘extensão’ do potencial empregador. Mas a verdade é que eles podem constituir uma poderosa parceria quando se procura um novo emprego… Se o candidato quer um bom emprego, o recrutador quer um bom candidato!

Para tirar melhor partido da ligação a um recrutador, numa relação ‘win-win’, há que saber gerir o relacionamento.

1. Defina bem o que quer

A melhor coisa que pode fazer para conseguir um próximo emprego é definir bem aquilo que quer, os seus objetivos. E, no que diz respeito à interação com o recrutador, isto é essencial! Sabendo bem aquilo que procura, já leva o seu ‘trabalho de casa’ feito e o tempo que está com o recrutador é muito mais produtivo!
Defina bem o que quer, seja o tipo de função, seja o nível de responsabilidades, o tipo de projetos que procura, o tipo de cultura organizacional que prefere, etc.

 

2. Mantenha as suas ferramentas de marketing atualizadas

Sim, leu bem: ferramentas de marketing. Está no mercado de trabalho, precisa de se apresentar devidamente ao mercado, precisa de preparar os seus documentos de marketing profissional. Nos dias de hoje, o CV e um perfil Linkedin atualizado são a base essencial para poder mostrar o seu trabalho e o impacto que teve nas empresas por onde passou. Mas pode acrescentar outros elementos: um portfolio, um site, ou outros que considere importantes na sua área de atuação.

 

3. Seja honesto e consistente

Seja aberto com o consultor. Quanto mais claro estiver para ele aquilo que quer e os seus pontos fortes, mais facilmente ele identificará oportunidades mais ‘à sua medida’. Este é um aspeto importante para criar uma base de confiança e entendimento entre os dois. Todas as questões e dúvidas que surjam devem ser abertamente abordadas para que, mais tarde, não apareçam surpresas pelo caminho…

 

4. Mantenha-o atualizado

Não quer isto dizer que todas as semanas lhe telefona, pois ele não trabalha ‘para si’ em exclusivo… mas tudo aquilo que for relevante para o seu processo, deve ser devidamente atualizado. Por exemplo, no fim de uma entrevista que este lhe marcou, deve enviar uma nota rápida a dar conta de como correu.

Com estas dicas fica a saber as bases para a ligação a um recrutador. Quantos é que tem na sua rede de contactos? Está a gerir essas ligações?
Lembre-se que o recrutador tem interesse em conhecer bons candidatos! Não tenha receio, e dê o primeiro passo.

 
 

Fotografia: Flickr, Gangplank HQ