Networking e o efeito boomerang

 

O tema do networking continua ‘na moda’… particularmente, no que diz respeito à gestão de carreira. Mas, na verdade, neste contexto, sempre se usou o networking. Com outro nome, ou mesmo sem nome, mas de certeza que conhece alguém que sempre soube usar a sua rede de contactos para conseguir um emprego, conhecer pessoas relevantes,… E está na moda porque funciona!
No competitivo mercado de trabalho tem que se dar a conhecer, e o uso estratégico do networking pode bem ser a chave para o sucesso. Os seus ‘esforços’ de networking, quando bem dirigidos e geridos, dão frutos, qual boomerang que retorna a si.

O lançamento desse boomerang deve respeitar alguns princípios e uma ‘forma de estar’ para que lhe devolva a disponibilidade e oportunidades que espera conseguir.
Será que está a praticá-lo de forma eficaz…?

1. Estratégia e objetivos

A base de qualquer boa estratégia é ter objetivos definidos. Objetivos claros é o melhor ponto de partida para definir uma boa estratégia: escolher os eventos aos quais é importante comparecer, perceber com que pessoas pode ser interessante conectar-se, decidir a melhor abordagem a pessoas chave. Assim, vai poder preparar-se adequadamente para qualquer oportunidade de networking.

 

2. Reciprocidade

Não parta para qualquer evento de networking com o mindset de ‘quero’, ‘quero’, ‘quero’… No networking funciona um princípio de reciprocidade. Se parte a pensar principalmente nos seus benefícios e no que quer obter, sem estar disponível para escutar e conhecer os outros e as suas necessidades, o mais provável é que o boomerang lhe devolva comportamentos igualmente individualistas.
Partilhe opiniões, faça comentários construtivos, ofereça uma dica, faça um elogio, dê uma ajuda, acrescente valor! Pequenas ações podem ter grandes repercussões.

 

3. ‘Nettiquete’

Antes que cometa alguma gaffe, procure saber quais as regras do meio onde se movimenta… Seja num meio ou grupo online, seja num evento presencial, não joga a seu favor ir contra as regras instituídas. Procure conhecer antecipadamente os procedimentos que é importante ter em conta, ou observe bem antes de se mostrar mais ativo.

RECEBA UMA FERRAMENTA GRATUITA PARA A SUA ESTRATÉGIA DE NETWORKING

 

4. Atitude de 'agricultor'

O networking só dará os seus frutos se, metaforicamente, adotar uma atitude de agricultor: primeiro há que semear, depois há que nutrir e fertilizar, e só depois pode pensar em colher. E, muitas vezes, a colheita pode não correr exatamente como esperado... Ainda assim, é a melhor atitude a adotar. Ao contrário, se se mostrar como um 'caçador', até pode conseguir o que procura, mas depressa vai esgotar os recursos.

 

Se não na relação direta para conseguir um novo emprego, pelo menos na alavancagem ao nível da divulgação da marca pessoal e do seu posicionamento profissional, o networking merece a sua redobrada atenção! Porque aquilo que semear, vai colher; o boomerang retorna sempre... se for bem lançado.

RECEBA UMA FERRAMENTA GRATUITA PARA A SUA ESTRATÉGIA DE NETWORKING